Thursday, January 10, 2008

Duas versões uma música: a estoria do desvio de 300 mil Mt pelo Juiz Paulino[2].

Beneficio da dívida!

O Actual Procurador-geral da Republica, Juiz Augusto Paulino, tornou-se numa figura mediática após julgar o, não menos conhecido, caso “Carlos Cardoso”! Há algumas semanas Augusto Paulino faz a manchete do semanário "Zambeze", que afirma que ele é acusado do desvio de 300 milhões de Mt do Estado. Alega-se que o advogado Albano Silva, esposo da primeira-ministra Luisa Diogo, foi contratado para o defender no processo-crime n.º 12/2007 no Tribunal Supremo. Esta semana o semanário Magazine Independente surge com uma nova versão da estória com um título sugestivo: Processo-crime especial contra Augusto Paulino: Uma novela propositadamente mal contada. Esta versão contrária, claramente, a vem sendo apresentada pelo semanário Zambeze que já retorquiu. Numa altura em que tudo indica que muita tinta vai rolar ainda, não haveria melhor atitude senão escrutinar cada uma das estórias. O primeiro passo seria dar beneficio a duvida e analisar os argumentos arrolados por cada um dos órgãos. É, portanto, muito cedo para tirar qualquer tipo de ilações, sobre seja lá o que for, muito menos sobre a era Guebuziana, a partir deste caso como vaticinam alguns.