Thursday, April 26, 2007

Resolve problemas não resolviveis!

Existe um blog, o primeiro na minha lista de LINKS, que tem comentado, de maneira sistemática, sobre este tipo de anúncios. Hoje eu não resisti em seguir-lhe o exemplo. É que ontem, quarta-feira, fui assistir a uma aula de Antropologia da Saúde e da Doença a convite de um amigo e colega docente da UEM. O tema em discussão era a “Bio-medicina como sistema cultural”. Lança-se, na disciplina, um olhar crítico para a “desculturalização”(meu termo) da Biomedicina enquanto se culturaliza as outras praticas ou sistemas de saúde. Um tema que se relevou, para mim, interessantíssimo, na medida em que ofereceu-me instrumentos teóricos para reflectir mais sobre a coabitação entre aquilo que os antropólogos designam de sistemas de saúde ou outros ainda de medicina alternativa. No nosso caso, particular, um dos “sistemas de saúde” é o que vulgarmente se chama de “medicina-tradicional”. Uma contradição de termos, quanto a mim. Amanhã continuamos o debate na aula. Para provocar os estudantes e docentes da disciplina sugeri que o único sistema de saúde com o estatuto de ciência, outro produto cultural, é a biomedicina.
Em futuras ocasiões voltarei a tratar este assunto aqui de forma mais elaborada. Por enquanto, fica a sugestão do anúncio que sugere a resolução de problemas irresolúveis.

7 comments:

chapa100 said...

interessante a tua "provocacao" patricio. estou interessado que desenvolvas o termo "desculturalizao", e quais sao as practicas que se cultiralizam no sistema de saude.

Patricio Langa said...

Caro J.M
Obrigado pelo seu comentário.
Vamos ver se consigo algum tempinho para desenvolver essa ideia.
Penso também em convidar um amigo e colega especialista em Antropologia da Saúde e da Doença, o Emídio Gune. Acho que ele dar-nos- ia subsídios interessantes.
Abraço

chapa100 said...

seria interessante. estou ligado a area de saude, a minha area de investigacao esta ligada a aspectos de identidade, etnicidade na providencia de servicos de saude. por isso interessei-me pelo teu texto. o meu ramo teorico e suportado pelas teorias culture-sensitive approach and anti-oppressive practices in health care. desculpa pelo ingles. Um abraco

Patricio Langa said...

Interessante J.M.
Acho, então, que seria interessante conversares com Emídio Gune.
Se não o conheces eu crio condições para que o faças.
Quanto ao Inglês. No problem!
Cheers.

chapa100 said...

patricio! acho que nao o conheco, mas o nome e me familiar. agradeceria o contacto com ele. obrigado

Anonymous said...

Patricio e capa100, prazer em conhecer o segundo, obrigado pelo convite para reflectirmos em torno da socioculturalidade de todas as praticas medicas, na qual a biomedicina aparece apenas como uma de entre varias outras possibilidades. Prometo partilhar ao longo da proxima semana alguns textos e referencias, bem como escrever um artigo mais elaborado sobre o assunto. Desculpem-me a demora, mas a agenda aperta e antes que seja acusado de preguicoso e fomentador da pobreza absoluta, ate breve. Emidio Gune

freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,